quarta-feira, 7 de maio de 2014

Valentina, Monalisa e Penelope

Eu contei para vocês as histórias das 3 blythes planejadas da casa. Ficou faltando contar sobre as outras três: Valentina, Monalisa e Penelope não foram idealizadas, planejadas como seriam quando customizadas, com um estilo determinado e um objetivo final.

A Valentina foi a primogênita, a que despertou todas as emoções e sentimentos, afinal de contas, eu nunca tinha visto uma blythe pessoalmente antes. Eu desejava que ela ficasse stock (original), mas como comprei ela usada, sua maquiagem já estava um pouco danificada e logo a boca precisou ser refeita. Tentei fazer, mas nunca alcançava o resultado desejado, então, resolvi que ela iria pra customização.


Nessa época, já admirava mais blythes customizadas do que stock. Ela foi pra BH, conhecer a Julia. Voltou ainda mais apaixonante e todas as sensações do momento caixa voltaram. Pedi pra manter a ideia das sardas originais e também a cor da boca e da maquiagem. Ficou perfeita!


Quanto ao estilo de vestir, ele se construiu com o tempo, já foi menininha, mocinha, moleca, até parar no moleca e decidir que só veste jardineira, macacão e shorts, nada de saias e vestidos pra ela. Ama toucas e bolsas, galochas e tênis. É, de longe, a mais difícil de vestir da casa, porque quer usar sempre as mesmas coisas (ou coisas que não tem) XD

Já a Monalisa, veio de um desejo súbito de ter uma boneca de cabelo rosa. Sempre gostei muito da My Little Candy. Eis que surgiu uma factory (boneca feita com partes originais) para adoção, com o cabelo da MLC, sem franja. Eu pensava em cortar ele chanel com franja e que ela tivesse um estilo meio mocinha moderna. Até falei sobre ela aqui.



Acontece que o lado fashionista dela não vingou e a primeira customização, feita pra essa personalidade, também não. Foi ela lá pra Julia então, ganhar dentinhos e assumir um lado mais doce e infantil. De tempos em tempos, ainda temos umas crises, apesar de eu achar ela uma blythe única, nem sempre consigo vesti-la com facilidade. 


A Penelope, ah, a minha Pepe. Essa foi puro encantamento, não houve boneca antes dela, nem planejamento, nada. Ela foi a única que comprei pronta, customizada. A Renata estava mostrando pra mim e pra Mari, uma boneca que ela estava fazendo. Quando eu vi, achei super fofa e tudo mais, mas era SBL, o molde que eu nunca gostei e ainda por cima, uma Natasha Moore e seu cabelo de cor vinho. Eu fui pra Esteio para uma viagem e a Renata levou a blythe pronta, pra gente ver. Aí coração bateu forte, foi "eu quero" de imediato. Fui viajar com 5 blythes, voltei com 6.
Mesmo sendo SBL do cabelo cor de vinho, foi amor. Já que não tinha apego com a cor do cabelo, pedi um corte chanel e finalmente realizei a vontade de ter uma blythe colorida de cabelo curtinho. Esse é o poder da customizadação: transformar! E ela é só amor, até hoje.


Ainda não tem um estilo perfeitamente construído ou definido, mas fica bem com quase tudo que eu coloco nela e isso facilita muito.

Acho que é isso, assim, termino de apresentar todas as meninas da casa pra vocês!
Espero que tenham gostado.

Beijo,
Mari

0 comentários:

Postar um comentário

 

Blog Template by YummyLolly.com